Na presença dos aposentados, vereadores chegam a um consenso e orçamento é aprovado


Os trabalhos do primeiro período legislativo da Câmara Municipal de Pilõezinhos (PB) foram abertos na noite desta quinta-feira (01/02), conforme normatiza a Lei Orgânica Municipal e o Regimento Interno.

Registrando o comparecimento de todos os vereadores, o Presidente Elisandro Vieira (PMDB) abriu os trabalhos e encaminhou ao plenário as discussões em torno da LOA – Lei Orçamentário Anual, que no ano anterior não alcançou o quórum qualificado de dois terços, por isso, seguia sem aprovação.

Os vereadores de situação e oposição apresentaram suas opiniões, na tentativa de se construir um acordo para a aprovação do orçamento municipal 2018. As galerias da Câmara foram tomadas por funcionários e aposentados. A palavra foi facultada aos aposentados que pediram aos vereadores uma solução urgente.

Após ouvir os discursos contrários e favoráveis a aprovação da Lei Orçamentária Anual 2018, e constatando a necessidade de um consenso entre as partes, o Presidente Elisandro Vieira suspendeu a sessão por cinco minutos para facilitar um entendimento.

A LOA 2018 foi colocada em votação e foi aprovada por todos os vereadores. A matéria seguirá para a sanção do Poder Executivo e os pagamentos que estavam pendentes, como dos aposentados, poderá ser feito automaticamente.

O orçamento foi aprovado com o acrescimento das seguintes emendas, apresentadas pelos vereadores Marcelo de Beto (PMDB), Paulo de França (PSB), Beto de Nêga (PPS) e Nen  Taxista (PPS), da bancada de oposição:

  • R$ 10.000 para diárias do Conselho Tutelar
  • R$ 30.000 para Agricultura
  • R$ 50.000 para Esporte Amador
  • R$ 72.000 para Bolsa Universitária
  • R$ 100.000 para Alugueis Sociais

O Presidente Elisandro Vieira deu por encerrada a presente sessão e agradeceu a presença de todos.

Assessoria

Compartilhe